BARBEARIA,  Barbeiros,  Campinas,  Corte Cabelo,  Corte Masculino,  ESTILO DON,  Moda Masculina,  PRODUTOS,  Produtos para Cabelo

Descubra qual a diferença entre corte, penteado e finalização

Undercut, pompadour, fade, top knot, etc. Para entender esses nomes têm que saber a diferença entre corte, penteado e finalização de cabelo masculino.

Se você nos acompanha deve saber que a gente fala sempre de cabelo (se não acompanha, saiba disso). Temos listas de opções de corte de cabelo masculino, dicas sobre como cuidar do seu e até ajuda para quem está ficando careca ou com o cabelo branco. Mas muita gente se perde nesse material por não saber diferenciar o que é um corte de cabelo, o que é um penteado e o que é uma finalização. Então chegou a hora de aprender!

Quando você vai ao barbeiro, pede o que para ele? Leva uma foto de referência ou nem fala nada? Bom, geralmente o que ele faz é cortar, pentear e finalizar o cabelo. Algumas dessas coisas você só vai conseguir na barbearia mesmo. Mas outras pode fazer em casa. E cada uma tem seu nome.

Então está na hora de aprender o que é um corte, um penteado e uma finalização de cabelo masculino. E, assim como o barbeiro, vamos por partes.

Descubra qual a diferença entre corte, penteado e finalização - Cortes

O que é o corte de cabelo

Bom, é basicamente o que o nome indica: cortar o cabelo. Pode ser uma mudança radical ou apenas aparar as pontas e diminuir o volume, mas a essência é cortar os fios. Um corte de cabelo masculino básico envolve decidir o que fazer com as laterais e a parte de trás dos fios e qual tamanho terá a parte de cima e a franja.

É aqui que geralmente os homens optam por undercuts (laterais da cabeça e nuca raspadas e topo mais volumoso), cortes militares (topo e laterais ficam com pouco volume, sendo as laterais um pouco mais curtas), e fades (degradê de comprimento nas laterais e na nuca).

Cabelo cacheado

Quem usa o cabelo masculino comprido também opta nessas horas por manter ou diminuir o comprimento, mexendo também nas laterais e no topo para criar camadas ou volume.

Em ambos os casos, você diz ao barbeiro o estilo gosta e ele determina o tamanho do corte e que partes devem ser menores do que as outras para chegar lá.

O que é o penteado

O penteado é o próximo passo. É o que você começa a fazer com o cabelo uma vez em que ele já está com certo corte. Mudar de penteado não necessariamente requer cortar novamente os fios. Às vezes, trocar a risca do cabelo de lugar ou usar produtos mais elaborados já rendem bons penteados masculinos.

Um exemplo é o pompadour, famoso topete frontal cheio de volume. O corte dele é um fade normal com topo volumoso, mas o que dá o nome ao conjunto é o topete penteado para trás.

Coque de samurai pode deixar um homem careca

Da mesma maneira funciona o top knot ou coque samurai. Também é um cabelo undercut com o topo volumoso, só que agora os fios vão amarrados em um coque acima da cabeça.

Coloque na lista também o black power, clássico dos cabelos crespos. O corte é o de cabelo comprido, mas o black precisa ser armado na hora de pentear – com um pente específico, inclusive.

O que é a finalização

Um bom corte de cabelo e o penteado ideal são sempre completados pela finalização correta quando você sai do barbeiro. Ela serve para modelar os fios ou manter os penteados no lugar. Então, se você curte manter o cabelo do jeito que ele sai da barbearia, precisa entender como conseguir fazer suas próprias finalizações.

Os métodos e produtos para finalização são diferentes para cada tipo de cabelo masculino (descubra o seu aqui). Assim, saber finalizar de acordo com seu fio é o mais importante.

Homens de cabelos cacheados e crespos, por exemplo, precisam finalizar seus cortes com produtos que hidratem os fios e deem definição aos cachos, como o creme de pentear. Veja aqui como finalizar e cuidar do seu cabelo cacheado masculino e aqui como cuidar do cabelo crespo.

Cortes de cabelo masculino degradê com risca

Cabelos lisos ou ondulados podem precisar de um pouco mais de sustentação para manter os penteados no lugar. Uma pomada vai te ajudar a manter o topete do pompadour, a montar um visual estilo “messy hair” (falsamente bagunçado), a fazer linhas e pentear para algum lado (mas atenção, a risca de navalha deve ser feita no barbeiro, na hora do corte) e até a deixar ele com aquele efeito clássico de gel estilo Peaky Blinders.